Parceria CNA

RSS História

Constantino I, o Grande

| 7 de fevereiro de 2016 | Comente!
Constantino I, o Grande

Flávio Valério Constantino nasceu em Naissus (hoje Nisch, na Sérvia) cerca de 273 d.C., filho de Constâncio Cloro, oficial do exército romano declarado César (1) e depois Imperador, e de Flávia Helena (Santa Helena), mulher de origem humilde, mas de notável caráter e grande habilidade. Constantino foi para a corte do Imperador Diocleciano, onde recebeu […]

Leia mais

Quem podia entrar na Cavalaria?

| 4 de fevereiro de 2016 | Comente!
Quem podia entrar na Cavalaria?

Quem era admitido na Cavalaria? Quem tinha o direito de ser admitido na Cavalaria? Em princípio, todos. Não era preciso ser nobre para ser admitido na “Sainte Ordre de Chevalerie”, na “Santa Ordem da Cavalaria”. E há exemplos históricos de homens da plebe, do povo, que foram recebidos cavaleiros. Mas a classe que por excelência […]

Leia mais

Prédicas aos canudenses e um discurso sobre a república

| 4 de fevereiro de 2016 | Comente!
Prédicas aos canudenses e um discurso sobre a república

A presente obra mandou subscrever o peregrino António Vicente Mendes Maciel No povoado de Belo Monte Província da Bahia em 12 de janeiro de 1897 Parte Primeira 1. Tempestades que se levantam no Coração de Maria por ocasião do mistério da Anunciação 2. Sentimento de Maria por causa da pobreza em que se achava, por ocasião do […]

Leia mais

Predicas e Discursos de Antonio Conselheiro – Parte Primeira

| 4 de fevereiro de 2016 | Comente!
Predicas e Discursos de Antonio Conselheiro – Parte Primeira

Predicas e Discursos de Antônio Conselheiro 1 Tempestades que se levantam no Coração de Maria por ocasião do mistério da Anunciação.* *Os números ao lado do texto correspondem, com ligeira diferença, à numeração das páginas do original manuscrito. A omissão de alguns números é do manuscrito, fielmente copiado.    Primeiro ponto [3] Recolhida em sua […]

Leia mais

Guilherme Marechal da Inglaterra, o melhor cavaleiro do mundo

| 26 de janeiro de 2016 | Comente!
Guilherme Marechal da Inglaterra, o melhor cavaleiro do mundo

O rei Felipe Augusto da França tinha a Corte reunida na região do Gâtinais quando lhe chegou a nova da morte de Guilherme, a quem muito apreciava. Em companhia de seus parentes e dos principais barões, acabava de jantar. Os senhores de posição inferior, que haviam servido a mesa, começavam a comer. Entre eles se […]

Leia mais

Carlos Martel: Herói da Cristandade e salvador da Europa

| 25 de janeiro de 2016 | Comente!
Carlos Martel: Herói da Cristandade e salvador da Europa

Em 732 a situação da Europa inspirava as piores apreensões. À anarquia feudal somavam-se as invasões. Pelo Norte, em geral por via marítima e fluvial, os vikings desciam saqueando, incendiando e massacrando cidades e campos. Da Europa Oriental vinham os saxões e ainda outros povos bárbaros ávidos de sangue e destruição. A estes temíveis perigos […]

Leia mais

Os ritmos da vida e horários ditados pelos sinos religiosos e públicos

| 16 de janeiro de 2016 | Comente!
Os ritmos da vida e horários  ditados pelos sinos religiosos e públicos

Nas ruidosas cidades medievais, onde fervilhava uma população incessantemente atarefada, a voz dos sinos contava as horas, e também isso fazia parte do “fundo sonoro”. O ângelus — de manhã, ao meio-dia e à noite — marca as horas de trabalho e de repouso, desempenhando o papel das modernas sirenes de fábrica. O sino anuncia […]

Leia mais

Enrique conde de Champagne, largo com Deus e com os homens

| 12 de janeiro de 2016 | Comente!
Enrique conde de Champagne, largo com Deus e com os homens

Enrique, conde de Champagne e Brie foi chamado o conde Enrique o Largo, e ele mereceu bem esse nome, pois ele foi largo com Deus e com os homens. Que foi generoso em relação a Deus atestam-no a igreja de Santo Estevão de Troyes e as outras igrejas que ele fez construir na Champagne. E […]

Leia mais

Heroísmo: ranço do passado ou urgência do presente?

| 29 de dezembro de 2015 | Comente!
Heroísmo: ranço do passado ou urgência do presente?

O escritor francês Paul Claudel dizia que a juventude não foi feita para o prazer, mas para o heroísmo. Um herói nem sempre está isento do medo; a questão é que ele sabe resistir ao medo, pois este faz parte da condição humana. Hoje, entretanto, heroísmo causa em muitos a mesma repulsa que a palavra […]

Leia mais

A família nobre ou popular era a verdadeira detentora da propriedade

| 23 de novembro de 2015 | Comente!
A família nobre ou popular era a verdadeira detentora da propriedade

Não deixar o patrimônio enfraquecer, tal é realmente o fim a que visam todos os costumes medievais. Por isso havia sempre um único herdeiro, pelo menos para os feudos nobres. Temia-se a fragmentação que empobrece a terra,dividindo-a ao infinito. O parcelamento foi sempre fonte de discussões e de processos, além de prejudicar o cultivador e […]

Leia mais