O que nos aguarda neste novo ano

| 31 de dezembro de 2016 | Comente!
Luis Dufaur

Pensando sobre o que advirá no ano que se inicia, folheando a coleção de Catolicismo encontrei um artigo do Prof. Plinio Corrêa de Oliveira de maio de 1952! Com lucidez profética — não há termo mais adequado —, 63 anos atrás, ele parecia prever o que aconteceria. Seu texto nos ilumina e encoraja na entrada desse novo ano. Confira o leitor:

retrospecto-16-570x717“O futuro só Deus o conhece. Ninguém poderia razoavelmente surpreender-se se toda a estrutura da atual civilização viesse a desabar fragorosa e tragicamente, num grande banho de sangue. Mas […] entre as desolações da época presente, já existe um prenúncio de vitória: a ação por assim dizer visível, da Virgem Santíssima na Terra. […]

“Todas as circunstancias parecem adequadas a um triunfo imenso da Virgem. A crise é trágica. Ela se aproxima do auge. […] Todas as características de uma situação humanamente perdida parecem acumular-se não só típica, mas arquetipicamente no momento presente.

“Quem nos poderia salvar? Somente quem tivesse para conosco uma complacência sem limites, uma complacência de Mãe, de Mãe ilimitadamente boa, generosa, exorável. Ela é Mãe nossa, e Mãe de Deus. Como não perceber que tantos desastres e tantos pecados por assim dizer clamam pela intervenção de Maria Santíssima? E como não perceber que ela atenderá a este clamor?

“Quando? Durante o grande drama que se aproxima? Depois dele? Não sabemos. Porém uma coisa parece absolutamente provável: é que Maria Santíssima não prepara para a Santa Igreja, como desfecho desta crise, séculos de agonia e de dor, mas uma era de triunfo universal”.


 

(Revista Catolicismo, nº 17, maio/1952).

email

Tags: , , , , ,

Categoria: Plinio Corrêa de Oliveira

Deixe seu comentário