O bom uso de objetos preciosos segundo a doutrina católica

| 23 de novembro de 2016 | Comente!
Luis Dufaur

busto-relicario-de-carlos-magno-fundo-interior-da-cupula-da-catedral-de-aachen

“Seria injusto condenar a produção e o uso de objetos preciosos, sempre que eles correspondam a um fim honesto e conforme aos preceitos da lei moral.

“Tudo quanto contribui para o esplendor da vida social, tudo quanto lhe ressalta os aspectos jubilosos ou solenes, tudo quanto faz resplandecer nas coisas materiais a perenidade e a nobreza do espírito, merece ser respeitado e apreciado.


(Pio XII, Discurso de 9 de novembro de 1953, ao IV Congresso Nacional da Confederação Italiana de Ourives, Joalheiros e Afins — Discorsi e Radiomessaggi, vol. XV, pág. 462).

email

Tags: , , ,

Categoria: Variedades

Deixe seu comentário